Press "Enter" to skip to content

Ana Dalassena – Mulheres Incríveis # 02

Segundo artigo da nossa série Mulheres incríveis. Após discutirmos as realizações de Maria Bagrationi, hoje falaremos sobre Ana Dalassena.

Como diz o ditado, “atrás de cada grande homem há uma grande mulher.” Nenhum ditado popular era tão adequado como este foi para o imperador bizantino Aleixo I. Se um bom líder sabe como delegar, Aleixo Comneno pode ter sido um dos maiores líderes de Bizâncio – sob seu reinado de sucesso, o império foi essencialmente dirigido por sua mãe, Anna Dalassena. Sábia, inteligente e prudente, as opiniões de Anna foram prontamente procuradas por seu filho; suas políticas foram imediatamente aprovadas. E Anna Dalassena não aceitaria de outra maneira.

Quem Foi Ana Dalassena?

Ana Dalassena (1025-1108) foi mãe e figura dominante por trás do reino de Aleixo I Comneno, uma das mulheres mais poderosas do mundo em sua época e uma das maiores responsáveis pela restauração do império bizantino sob o comando da dinastia Comnena.

Mas Anna tinha seus olhos no trono muito antes de seu filho ascender. Quando o imperador Isaac Comneno adoeceu mortalmente, ele abdicou do trono e quis entregá-lo a seu irmão, João. Para desgosto de sua esposa, Anna Dalassena, João recusou a oferta de seu irmão. E assim, Constantino X Ducas ascendeu ao trono em 1059. Anna, no entanto, não aceitou isso bem, para dizer o mínimo. Determinada, apaixonada e ambiciosa por seus oito filhos, ela jurou que a Dinastia Comneniana governaria o império mais uma vez.

Anna nasceu em uma família poderosa e politicamente influente e se casou em uma família ainda mais formidável que a dela. Depois que seu marido morreu em 1067, Anna criou seus oito filhos. Cada criança era inteligente e completa em seu próprio direito. Anna providenciou para que vivessem de maneira impressionante e influente como seus ancestrais e arranjou casamentos entre seus filhos e as famílias mais importantes de Bizâncio.

Artigo Relacionado  Imperatriz Teodora de Bizâncio - Mulheres incríveis #04

Apesar de toda a sua ambição, no entanto, Anna Dalassena não era uma pessoa fria e calculista. Ela era conhecida por sua piedade e caridade. De acordo com a encyclopedia.com, “Anna Dalassena gostava da companhia de padres e monges e desejava terminar seus dias em um convento. Ela era uma aristocrata, uma mulher sombria que passava as noites em oração e os dias em devoção aos filhos ”.

Anna também era conhecida por sua inteligência e liderança astutas. Como a Imperatriz Irene antes dela , Anna Dalassena governou o império em conjunto com seu filho, Aleixo I (que havia assumido o trono e concedido o título de “Imperatriz” a sua mãe. Sua esposa sem título foi enviada para viver no palácio inferior) Aleixo reverenciava sua mãe e respeitava suas sugestões e opiniões. Ele quase não tomava decisões sem primeiro consultá-la. Enquanto estava fora em obrigações militares, Aleixo deixou sua mãe no comando do império, dando a ela o controle quase total.  “Sem sua inteligência e perspicácia”, escreveu Aleixo, “a monarquia teria sido perdida”.

Como sua neta, Anna Comnena, também escreveu: “Minha avó tinha um domínio excepcional dos negócios públicos, com um gênio para organização e governo; ela era capaz, de fato, de gerenciar não apenas o Império Romano, mas também todos os outros Impérios sob o sol. ”

E assim, Ana essencialmente liderou o império até a idade de 75 anos, quando se aposentou no convento de Pantepoptes em Constantinopla. Sua aposentadoria foi passada em reclusão reflexiva. Embora a data e as circunstâncias exatas de sua morte e aposentadoria permaneçam obscuras, o legado de Anna Dalassena como uma líder forte, piedosa e reverenciada foi celebrado ao longo da história.

Traduzido de Gallery Bizantium

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *