Press "Enter" to skip to content

As músicas mais antigas do mundo

A música mais antiga do mundo chama-se “Hino Hurrian nº 6”, uma ode à deusa Nikkal, achada em Ugarit, na Mesopotâmia.

Ainda que o Hino tenha uma idade considerável – 34 séculos, as músicas mais antigas do mundo precedem em muito aquelas que apresentaremos aqui. em verdade, a música é anterior à própria humanidade. Assim, o diferencial das músicas a seguir é o fato de que elas são as primeiras melodias sobre as quais sabemos o suficiente para permitir sua reconstrução sonora.

O Hino hurrita, data do final desta civilização, cerca de 3.400 anos atrás. A origem desse povo remonta a pelo menos 5.000 anos. Uma bela analogia com um canto de cisne.

A música mais antiga do mundo

A princípio, o mais antigo fragmento de uma notação musical é uma tábua de argila suméria com cerca de 4 mil anos, com instruções para a execução de um hino em honra ao governante Lipit-Ishtar. Contudo, em relação a músicas antigas propriamente ditas, o exemplar mais antigo conhecido foi descoberto nos anos 50, na cidade de Ugarit atualmente Ras Shamra, no norte da Síria.

A música mais antiga do mundo - tábua de argila suméria com o Hino Hurrian nº 6
Hino_nº6

Arqueólogos encontraram diversas tábuas de argila com 3.400 anos de idade. Estas tábuas foram entalhadas com caracteres cuneiformes do idioma Hurrita – pertencente ao povo Hurrita, que viveu na antiga Mesopotâmia.

Assim, a principal candidata a música mais antiga do mundo chama-se chama “Hino Hurrian nº 6”, e era uma ode à deusa Nikkal. Junto a ela foram encontradas instruções sobre sua notação musical e como tocá-la numa lira de nove cordas, típica daquele período. Como resultado do fato de que ela foi escrita usando um Sistema de notas musicais diferente do que é mais comumente usado hoje, há várias diferentes possíveis interpretações e é impossível saber ao certo como soava originalmente esta canção.

“Estima-se que tenha 3.400 anos, esta relíquia está em Damasco desde 1955, após sua descoberta por um grupo de arqueólogos franceses na cidade costeira de Ugarit … O artefato registra o Hino Hurrita, uma canção dirigida à deusa Nikkal [ esposa do deus da lua]. Os ugaritanos adoravam várias divindades, cada uma específica para as várias partes de suas vidas. Nikkal, que significa “Grande Senhora e Frutífera”, era a deusa dos pomares … Por enquanto, pelo menos , o conteúdo lírico exato do Hino hurrita permanece parcialmente oculto, embora uma tradução realizada por Hans-Jochen Thiel em 1977 seja considerada a mais próxima do espírito do original “

Stephen StarrThe National

Ao que se sabe, a tábua de argila conhecida como H6 registra uma canção que conta a história de uma jovem que não pode ter filhos e acha que é um castigo por seus pecados. Ela sai à noite para rezar para a deusa Nikkal, a deusa da lua e da fertilidade. A jovem leva consigo uma pequena lata com sementes ou óleo de gergelim como oferenda à deusa para que ela a ajude com o seu desejo de ser mãe.

Artigo Relacionado  O Epitáfio de Seikilos

Aqui está uma tradução parcial do música, da parte remanescente do texto hurrita original:

(Uma vez que eu tenha) amado (a divindade), ela vai me amar em seu coração,
a oferta que trago pode cobrir totalmente o meu pecado,
trazer óleo de gergelim pode funcionar em meu nome e eu posso …
Os estéreis podem tornar férteis.
Eles podem produzir grãos.
Ela, a esposa, terá (filhos) do pai.
Que ela, que ainda não teve filhos, os dê à luz. “

Ouça a música:

Segue uma interpretação por Brayden Olson baseada na transcrição para o sistema de notas atual feita por R. J. Dumbrill

Embora descobertos na Síria moderna, os hurritas eles vieram da Anatólia moderna, e migraram para a região da Síria. O Hino hurrita, na verdade, data do final desta civilização (c.1400 aC). A origem da civilização hurrita remonta a pelo menos 3000 aC. O hino foi um canto de cisne desse povo.

A melodia do Hino foi interpretada pelo Dr.Richard Dumbrill (uma das várias interpretações acadêmicas da melodia), usando uma variação do texto cuneiforme da língua hurrita em que foi escrita.

Em suma, a parte inferior do texto que Dumbrill transcreveu (a notação musical hurrita abaixo das palavras da canção), estava em uma corruptela de acadiano babilônico, em que os nomes específicos de 9 cordas de lira representavam as mudanças específicas no tom – que de acordo com o Dr. Richard Dumbrill, mostrou claramente o contorno de uma melodia da Idade do Bronze de 3400 anos, que apresenta quintas descendentes e terceiras ascendentes. deu os nomes de 9 cordas de lira específicas e os intervalos musicais específicos entre essas cordas. Em outras palavras, a notação do Hino era uma espécie de “guia de guitarra” – para lira!

Michael Levy

Havia valores numéricos dados ao lado de algumas das linhas do texto da música, que Richard Dumbrill levou duas décadas para decifrar. Segundo Michael Levy:

(…) quando Dumbrill somou o número de sílabas no texto da música em relação ao número de notas em sua interpretação da melodia, notavelmente, o valores numéricos curiosos escritos após algumas das linhas do texto, na verdade, somados com precisão à soma das notas extras necessárias que não foram indicadas pelas sílabas do texto!

Michael Levy

A fim de saber como soaria a melodia, vale conferir a interpretação feita baseada neste tema feita no piano por Malek Jandali em maio de 2017, no Aga Khan Museum em Toronto, no Canadá:

Artigo Relacionado  O Epitáfio de Seikilos
A música mais antiga do mundo

E também:

Echoes from Ugarit, uma orquestração completa inspirada no tema original do Hino a Nikkal

A música mais antiga do mundo – por Malek Jandali

A descoberta continha um total de 29 textos musicais, contudo, apenas o de número 6 estava numa placa em estado de conservação bom o suficiente para permitir uma tentativa de reprodução contemporânea por parte de músicos, e mesmo esta não está completa.

Similarmente ao ocorrido com boa parte dos achados na mesma escavação, a placa número 6 encontra-se no Museu Nacional de Damasco, Síria.

Composição musical completa mais antiga encontrada até hoje

O epitáfio de Seiklos é a composição musical completa mais antiga encontrada até hoje. Descoberta em 1883 por Sir W. M. Ramsay. O achado é muito raro, pois incluía a notação musical. Sua datação é, contudo, considerada imprecisa, já que há poucas informações adicionais. Sabemos, no entanto, que situa-se entre os século I e II aC.

quase a música mais antiga do mundo - Epitáfio de Seikilos

epitáfio de Seiklos

A pedra na qual a obra foi encontrada era uma coluna de mármore, usada para marcar um túmulo feminino.

  • Εἰκὼν ἡ λίθος εἰμί. τίθησί με Σεικίλος ἔνθα μνήμης ἀθανάτου σῆμα πολυχρόνιον.
  • eikṑn hē líthos eimí. títhēsí me Seikílos éntha mnḗmēs athanátou sêma polukhrónion.
  • Eu sou uma lápide, uma imagem. Seikilos me colocou aqui como um sinal duradouro da lembrança imortal”.

Ouça a melodia:

Epitáfio de Seikilos

Conforme o nome sugere, a música foi composta e dedicada em memoria à amada esposa de Seikilos, o autor. Apesar de ser em essência um lamento pela morte de um ente querido, a sonoridade da música mais antiga do mundo não necessariamente evoca sentimento de tristeza e nostalgia. A letra carrega acima de tudo uma mensagem sobre a importância de aproveitar a vida.


Bibliografia

https://www.history.com/news/what-is-the-oldest-known-piece-of-music https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2013/10/131023_musica_grega_antiga_an https://www.ricardocosta.com/artigo/esteticas-classica-e-medieval https://en.wikipedia.org/wiki/Seikilos_epitaph https://www.thevintagenews.com/2018/04/13/oldest-song/

Artigo Relacionado  A música mais antiga gravada no Brasil

https://ancientlyre.com/the-oldest-written-melody-in-history

4 Comments

  1. […] músicas mais antigas do mundo são anteriores à própria humanidade, como vimos, mas as primeiras melodias sobre a qual sabemos o suficiente para permitir sua reconstrução sonora, tem apenas por volta de […]

  2. O Epitáfio de Seikilos - voclink O Epitáfio de Seikilos - voclink 4 de setembro de 2020

    […] músicas. Portanto, o epitáfio nem de longe é a música grega mais antiga, muito menos a música mais antiga do mundo. O que ele possui de diferente é a notação musical que foi preservada e nos permite reconstituir […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *