Livros legais para quem quer entender a política

Livros legais sobre política e os seus bastidores é o que temos para hoje.

Rodrigo Alves Correia

O Brasil atual confirma a frase de Saint-Just: “Todas as artes produziram maravilhas, exceto a política, que só tem produzido monstros.” Nestes tempos quando o assunto é política, parece que estamos todos perdidos tentando entender o que acontece a nossa volta. Pensando nisso, selecionei alguns livros clássicos e outros lançados recentemente. Não são os necessariamente os melhores, mas são muito bons e que valem uma conferida, nem que seja por diversão.

Rodrigo Alves Correia – Doutor em Ciência Política

“Os cidadãos não poderiam dormir tranquilos se soubessem como são feitas as salsichas e as leis.” –Otto Von Bismarck.

1 – Política: Quem manda, por que manda, como manda – João Ubaldo Ribeiro

Política: Quem manda, por que manda, como manda – João Ubaldo Ribeiro

Falando em livros legais sobre política, é difícil bater esse aqui.

Por que é legal? O texto foi escrito sem pretensões acadêmicas, portanto a leitura é fácil e pensada para um público mais amplo. Isso não significa que ele contenha generalismos ou que não tenha valor acadêmico, longe disso. É uma descrição rica e vívida da vida política brasileira, e uma fonte muito boa de informações que explica a lógica do poder no Brasil. Mesmo tendo sido publicado originalmente em 1981, a obra permanece muito atual. Leia aqui a minha resenha completa.

2 – Breviário dos políticos – Jules Mazarin

Mazarin expõe os truques usados por pessoas que controlam o poder aplicando estas máximas. A estrutura do livro é baseada na experiência de uma vida, o Breviário dos políticos é fundamentalmente um ensaio mau feito um pica-pau, em que o poder é um fim em si mesmo.

Por exemplo: “Quando um homem é atingido por um grande desgosto, aproveita essa ocasião para adulá-lo e consolá-lo. É com frequência em tais circunstâncias que ele deixará transparecer seus pensamentos mais secretos e que mais bem oculta”.

Tem como não gostar? – Leia aqui a minha resenha completa

3 – Como tirar proveito de seus inimigos – Plutarco

Como tirar proveito de seus inimigos – Plutarco

O título dá uma impressão do livro, Plutarco tem uma visão profundamente moral do mundo antigo e da política. Por mais contraditório que possa parecer, Plutarco afirma que os inimigos são muito úteis para nos forçar a adotar atitudes corretas, e recomenda tratar com generosidade os inimigos para evitar rancor e a inveja diante de seu sucesso. No entanto, nada é pior que a inveja dos amigos, é preciso escapar dela também.

A linguagem usada no livro é meio arcaica, mas como ele é curtinho e muito bom, vale a leitura! Leia aqui a minha resenha completa

4 – O Livro da Política – Coletânea

O Livro da Política – Coletânea

Não é um livro denso e acadêmico, nem transforma o leitor num especialista em política. Mas este não é mesmo o fim a que se propõe. Ainda assim, você pode ver como os fundamentos da política e suas ideias e evolução influenciam o nosso dia a dia.

A linguagem é muito simples. Sendo assim, para quem gosta de política ou pretende aprender um pouco mais, mesmo sem saber nada sobre conceitos e ideologias, a leitura vale muito a pena.
– Leia aqui a resenha completa

5 – Júlio Cesar – Shakespeare

Júlio Cesar – William Shakespeare

Motivos para ler?

  1. William Shakespeare, O Bardo.
  2. A cena que descreve a surpresa absoluta de César diante da presença de Bruto, seu amigo entre os assassinos é uma boa mostra de como a política pode ser traiçoeira mesmo para os mestres da arte.
  3. Após assassinar César por sua ambição desmedida colocar em risco a República romana, Bruto afirma: “Guardarei o mesmo punhal, para mim próprio, quando minha Pátria necessitar, que eu morra”.

Precisa mais? Leia aqui a resenha completa


Livros legais sobre política: para acompanhar outras indicações de livros, clique aqui


Deixa um comentário